Salário Mínimo 2020 - Confira já o Valor

Salário Mínimo 2020: Valor, Reajuste, Tabela

Todos os anos, o Governo Federal propõe o reajuste do Salário Mínimo 2020 para que este cubra a inflação. O reajuste é feito para que as famílias brasileiras não percam o poder de compra e de consumo com a elevação natural que os preços dos produtos sofrem – chamada de inflação. Atualmente, mais de 40 milhões de trabalhadores brasileiros recebem o Salário Mínimo 2020 nacional, seja através do vencimento mensal de seu emprego, ou de benefícios como aposentadoria por tempo de serviço, invalidez ou outros.

Salário Mínimo 2020 - Confira já o Valor
Salário Mínimo 2020 – Confira já o Valor

É por isso que aumento do Salário Mínimo 2020 algo que, direta ou indiretamente, afeta toda a economia nacional. Pois afeta diretamente o poder de consumo do povo brasileiro. Existe ainda a expectativa de que, em 2020, o aumento do mínimo possa sofrer um atraso, o que pode prejudicar muito os trabalhadores e beneficiários do mínimo nacional.

O valor do mínimo é usado, além do pagamento de salários nas empresas, para indexar índices de aposentadorias, e até para reajustar o pagamento dos valores do Bolsa Família de 2020. Confira mais a seguir.


Quanto é o Salário Mínimo 2020

O aumento previsto pelo Governo Federal até o mês de setembro de 2015 era de R$ 865,50. Mas esse valor ainda necessita de confirmação para que seja aprovado. Também está em aberto ainda a possibilidade de o salário mínimo ser reajustado em maior atraso, uma vez que não há definição oficial do assunto sobre o valor do salário mínimo 2020.

Economistas apontam ainda que o mínimo pode ter um reajuste um pouco maior, afinal a inflação está sendo maior do que a planejada. Portanto o valor será de 880,00, para cobrir o aumento da inflação de 2015, e evitar que o trabalhador perdesse poder de compra.


Tabela Salário Mínimo

Na tabela abaixo você pode conferir a evolução do salário mínimo 2020 em alguns anos:

Data em Vigor Salário Mínimo Nacional Lei/MP/Decreto
01/01/2018 R$:954,00 Decreto Presidencial
01/01/2017 R$:937,00 8.948/2016
01/01/2016 R$:880,00 8.618/2015
01/01/2015 R$:788,00 8.381/2014
01/01/2014 R$:724,00 8.167/2013
01/01/2013 R$:678,00 7.872/2012
01/01/2012 R$:622,00 7.655/2011
01/03/2011 R$:545,00 12.382/2011
01/01/2011 R$:540,00 516/2010
01/01/2010 R$:510,00 12.255/2010
01/02/2009 R$:465,00 11.944/2009
01/03/2008 R$:415,00 11.709/2008
01/04/2007 R$:380,00 11.498/2007
01/04/2006 R$:350,00 288/2006
01/05/2005 R$:300,00 11.164/2005
01/05/2004 R$:260,00 182/2004
01/04/2003 R$:240,00 116/2003
01/04/2002 R$:200,00 35/2002
01/04/2001 R$:180,00 2.142/2001
03/04/2000 R$:151,00 9.971/2000

Reajuste Salário Mínimo 2020

Ao contrário do que tinha ocorrido nos anos anteriores, em que o reajuste do mínimo era de, entre 7,5%, em 2020, está previsto um reajuste entre 10 e 12%. Embora esteja quase confirmado que o reajuste real seja de apenas 10%. Vale lembrar que esse valor, caso seja aprovado, pode não ser o suficiente para cobrir o calor da inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Até então, o principal objetivo do Governo Federal sempre foi dar condições de que o reajuste do mínimo fosse capaz de cobrir a meta da inflação. Mas é bem provável que isso não ocorra em 2020. Pois traria para o Governo Federal uma despesa muito grande com os aumentos de benefícios como:

  • Aposentadorias;
  • Pensões;
  • Seguro Desemprego;
  • Abono Salarial anual;
  • Outros benefícios sociais que tem obrigação de arcar o Estado.

Dessa forma, o poder de consumo dos brasileiros na verdade vai cair nesse ano. Mas caso isso ocorra, servirá como um freio para acalmar os índices da inflação, já uma diminuição real do salário mínimo 2020 puxa os preços para baixo.


Cálculo Salário Mínimo 2020

Para que o valor do salário mínimo 2020 seja definido, o Governo Federal realizar uma série de cálculos e leva em consideração diversos fatores. Os cálculos levam em consideração:

  • O crescimento das taxas do país;
  • PIB.

Sendo uma delicada conta, que precisa avaliar o percentual de aumento do salário mínimo, para que o mesmo seja uma arrecadação de fator positivo.


Valor Ideal do Salário Mínimo 2020

Segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, o valor ideal do Salário Mínimo 2020 para sustentar uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 3.752,65.

O valor ideal é três vezes o valor do salário mínimo atual.


Salário Mínimo Regional 2020

A grande parte dos estados do Brasil seguem o valor que é estabelecido pelo Governo Federal. Porém, existem algumas cidades que preferem estipular os seus próprios pisos salariais. Mas, esses valores não podem ser menores do que o piso nacional. Veja a seguir os valores dos salários mínimos de alguns estados:

  • Paraná – R$ 1.052,34;
  • Rio de Janeiro -R$ 1.052,34
  • Rio Grande do Sul – R$ 1.103,66;
  • São Paulo – R$ 1.000,00;
  • Santa Catarina – R$ 1.009,00.

Cálculo do Salário Líquido 2020

O salário líquido para quem não sabe, é o valor que chega na mão do trabalhador todo o mês. Isso acontece, pois, o valor que é devido a ele possui diversos descontos:

  • Para pagamento de contribuições obrigatórias;
  • Impostos;
  • Taxas.

Veja abaixo a lista com os principais descontos cobrados:

  • Assistência médica – se aplicável;
  • Atrasos e faltas – se aplicável;
  • Contribuição sindical;
  • INSS – de 8 a 11%, dependendo do valor do salário do trabalhador;
  • IRRF – de 0 a 27,5%, dependendo do salário do trabalhado;
  • Pensão alimentícia – se aplicável;
  • Vale refeição – até 20% de salário;
  • Vale transporte – até 6% do salário.

Em qualquer caso, o único imposto obrigatório dos indicados acima será o INSS. Por exemplo, os trabalhadores que recebem o piso nacional de R$ 954,00, pagaria R$ 76,32 ao INSS, sendo o seu salário líquido no valor de R$ 877,68.


Benefícios que sofrerão reajustes de acordo com o salário mínimo

A grande parte dos benefícios de direito dos trabalhadores se baseiam no valor do Salário Mínimo 2020. Por isso, poderão sofrer alterações de acordo com o reajuste do mínimo.

Confira quais são esses benefícios:

  • Abono do PIS/PASEP;
  • Auxílio Doenças INSS;
  • Aposentadoria INSS;
  • BPC/LOAS;
  • Pensão por Morte;
  • Salário Maternidade;
  • Seguro Desemprego.


Piso Salarial 2020

O Piso Salarial 2020 é o menor valor de salário que um trabalhador pode receber dentro da sua categoria profissional.

O valor do piso não pode ser menor do que o valor estabelecido pelo salário mínimo 2020. Podendo ele, variar conforme:

  • Cidade;
  • Estado;
  • E até mesmo empresa.

Piso Salarial de Algumas Profissões

  • Administrador de empresas: R$ 2.432 (RJ);
  • Fonoaudiólogo: R$ 2.231 (RJ);
  • Farmacêutico: R$3.711 (MG);
  • Advogado: R$ 2.600 (RJ);
  • Eletricista: R$ 1.481 (SP);
  • Arquiteto: R$ 4.728 (6 horas diárias);
  • Enfermeiro – auxiliar: R$ 1.000 (RJ);
  • Enfermeiro – técnico: R$ 1.177 (RJ);
  • Contador: R$ 2.432 (RJ);
  • Engenheiro: R$ 4.728 (6 horas diárias);
  • Agrônomo: R$ 4.728 (6 horas diárias);
  • Aeromoça/ Comissário(a) de Bordo: R$ 1.742.

Décimo Terceiro Salário 2020

O Décimo Terceiro Salário é conhecido também como gratificação de Natal. Esse valor equivale a 1/12 da remuneração trabalhada no mês.

O 13º terceiro pode ser considerado um pagamento extra no final do ano.

Seu pagamento pode ser feito em uma, ou duas parcelas. Isso varia de acordo com a empresa. Confira abaixo quais categorias recebem o 13º:

  • Trabalhadores avulsos;
  • Aposentados;
  • Pensionistas do INSS;
  • Trabalhadores domésticos;
  • Trabalhadores rurais
  • Trabalhador com carteira assinada;

Abono Salarial 2020 (PIS/PASEP)

O Abono Salarial pode ser considerado um salário de incetivo aos trabalhadores, o qual é pago pelo Governo Federal.

Há duas diferentes modalidades de abono:

  • PASEP 2020: O PASEP é encaminhado aos trabalhadores do setor público;
  • PIS 2020: Já o PIS é encaminhado aos trabalhadores do setor privado.

Para os dois programas é seguido uma tabela de pagamento e há duas instituições financeiras que pagam o benefício.


Salário Mínimo de Outros Países

Acompanhe abaixo o Salário Mínimo 2020 em outros países do mundo:

  • Coreia do Sul: $4000 won sul-coreanos por mês, revisto anualmente;
  • Canadá: Está entre C$10,30 (New Brunswick) e C$12,50 (Northwest Territories) por hora;
  • Bolívia:1805 bolivianos por mês 13 vezes por ano;
  • Espanha: €707,7 por mês mais 2 salários extras por ano.
  • Estados Unidos: Pela lei federal é US$7,25 por hora, mas em alguns estados, o valor é um pouco maior;
  • Argentina: 8.060 pesos argentinos por mês, recebido 13 vezes por ano;
  • Chile: $241.000 pesos chilenos por mês para trabalhadores entre 18 e 65 anos de idade;
  • Alemanha: 8,5 euros por hora;
  • Austrália: 17,70 dólares australianos por hora, ou 2690,4 por mês;